O QUE PENSAM DE NÓS?

ALUNOS


81%

Acham que estão mais confiantes em si mesmos

82%

Consideram ter melhorado sua condição física, energia e disposição

85%

Acham que respeitam mais os outros

88%

Acham que aprendem algo novo com os valores do judô

95%

Gostam dos professores de judô e educadores

Eu tenho 13 anos e estou no Reação há 9. Esses anos no Reação mudaram muito a minha vida porque como estou aqui há muito tempo, ganhei uma bolsa de estudo e isso abriu muitas portas para mim. Vi também muitas coisas mudarem, muitas pessoas entrando e saindo e conheci muitas pessoas legais. O Instituto ajudou muita gente e fez bem para muitas pessoas também. A meditação e os valores, que treinamos desde pequenos, mudaram a minha vida.
LARA MELO DE MORAES - Aluna

RESPONSÁVEIS


77%

Consideram que houve melhora no desempenho escolar

87%

Consideram que a criança ficou mais colaborativa

90%

Percebem que as crianças estão mais participativas e confiantes de si mesmas

Julia está no Instituto Reação desde os seis anos de idade e, hoje, ela faz parte da Pré-equipe. Desde que começou no judô sinto que ela está mais respeitosa, mais solidária, ela melhorou 100% no jeito dela. Ela se compadece da dor dos outros, está mais responsável quanto aos horários, as obrigações, e tudo aquilo que o sensei pede. Não imagino e nem ela se imagina fazendo outra coisa além do judô. A Julia realizou dois grandes sonhos dentro do Reação: um era conhecer a Rafaela Silva e o outro a Ronda Rousey. Eu agradeço ao Instituto Reação por todas as emoções que já passamos até aqui. Minha filha, por mérito e esforço dela, faz parte do programa Bolsas de Estudo há três anos. Ela também participa das aulas de reforço e tem vários benefícios que o Instituto oferece. Hoje ela é federada e tem suporte da equipe multidisciplinar, como nutricionista, fisioterapeuta se necessário, transporte e passeios.
YANA MAGALHÃES - Mãe da aluna Júlia Magalhães (foto)

ATLETAS


É muito gratificante poder fazer parte desta família que é o Reação. Somos muito gratos pelas pessoas que estão ali passando o treino para a gente e os colegas. As histórias que movem o Reação são histórias que fazem a gente sempre querer mais. A mensagem que o Reação passa para os atletas é sempre contribuir mais para o mundo. Também gostaria de destacar todas as oportunidades que o Instituto Reação abre para a gente, dentro e fora do tatame. Isso mostra muito como é a visão do Instituto, uma visão de futuro e cidadania e fico muito grata de poder participar disso e cada dia estar sendo um pouco mais moldada no meio dessas pessoas tão importantes que fazem o Instituto Reação acontecer.
LUIZA CRUZ - Atleta

O Reação mudou a minha vida de várias formas. A princípio como atleta, fiquei muito feliz de ter sido chamado pelo Flávio para participar do projeto. A partir daí, passei a conhecer melhor o trabalho todo e abracei a causa de coração. Comecei a me dedicar como competidor para representar bem o Reação e ganhar tí­tulos. Mas depois a coisa foi amadurecendo e passei a ver o quanto faz sentido e o quanto é significante internamente ajudar as crianças, como isso, por exemplo, enche a vida de significado pro Flávio e a forma como ele fala do Instituto. Comecei a me inspirar nisso e perceber que eu poderia fazer algo parecido em Cuiabá e foi quando tive a ideia de criar o meu projeto social. Fazendo isso, percebi o quanto realmente enche a gente de significado na vida, de felicidade por ajudar as pessoas. Hoje o Reação já é cuiabano também e, talvez, essa seja a minha maior conquista dentro do judô, que foi levar o Instituto Reação para a minha cidade, onde eu nasci, e é o lugar que eu amo. Eu acho que o Reação não só já transformou muito a minha vida como ainda vai transformar.
DAVID MOURA - Atleta