REPRESENTAÇÃO EM REDES E EVENTOS

Para conquistar um impacto social ampliado, num país continental como o nosso, é necessário o trabalho de muitas organizações e pessoas em parceria. Por isso, nada melhor do que atuarmos em rede. Juntos somos mais fortes!

GLOBAL SUMMIT 2018

A gerente executiva Leriana Figueiredo, representou o Instituto Reação no Global Summit 2018, em Paris. O evento é um intercâmbio bianual com organizações do mundo todo apoiadas pela Laureus Sport for Good, para um treinamento de três dias.

COJUERJ

O Instituto Reação foi eleito membro do Conselho de Juventude do Estado do Rio de Janeiro (COJUERJ) para o mandato de dois anos. O órgão tem por objetivo discutir e dar recomendações sobre qualquer assunto referente às políticas de atendimento à juventude no Estado do Rio de Janeiro.

ESPORTE NA RUA (REMS)

Em 2018, as senseis Raquel Silva e Daniele Fernandes representaram o Reação no Esporte na Rua, evento promovido pela Rede Esporte pela Mudança Social (REMS), e deram um aulão de judô gratuito para crianças e jovens. Junto com as organizações Briza, Fundo Elas, Gol de Letra, Urece, Luta pela Paz, Rumo Náutico, ProMundo e Instituto Bola pra Frente, o Reação contribuiu para que o Dia Internacional do Esporte para o Desenvolvimento da Paz fosse muito especial para centenas de pessoas.

CNE

O Instituto Reação passou a representar a REMS, rede da qual faz parte, no Conselho Nacional de Esportes.

SEMANA INTERNACIONAL ESPORTE PELA MUDANÇA SOCIAL

O Instituto Reação participou, em setembro, da Semana Internacional Esporte pela Mudança Social, evento promovido pela REMS, Sesc e Instituto Ayrton Senna, em parceria com o Cepeusp/Prodhe, a Nike e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

HACKING RIO

2018 foi mais um ano que o Reação participou do Hacking Rio, evento que incentiva a busca de soluções tecnológicas tão importantes para a nossa cidade e país, desta vez dando mentoria para o cluster de Saúde e Esporte.

BRAZIL CONFERENCE

Nossa atleta Rafaela Silva participou da Brazil Conference at Harvard & MIT, em Boston, nos Estados Unidos. A judoca, ganhadora da medalha de ouro na Rio 2016, falou sobre esporte e desigualdade social ao lado da jornalista Fernanda Gentil, do velejador Lars Grael e do nadador paralímpico Clodoaldo Silva.



XXI ENCONTRO DE MEMBROS DA REMS E FÓRUM “O ESPORTE QUE QUEREMOS”

Nos dias 28/Fevereiro e 01/Março/2018, o Reação participou, representado pela Gerente Executiva Leriana Figueiredo, do 21º Encontro de Membros da REMS. Como parte do Encontro, foi realizado também, com o apoio do Governo do Estado do Ceará e da Prefeitura de Fortaleza, o Fórum “O Esporte que Queremos”. Os objetivos do fórum foram debater a promoção das atividades físicas e esportivas e seu alinhamento com a agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável, considerando o Relatório Nacional do Desenvolvimento Humano do Brasil (RDH), elaborado pelo PNUD, e formas de financiamento para atividades físicas e esportivas.



INTERCÂMBIOS NO JAPÃO

A convite de um dos maiores judocas do mundo e presidente da Federação Japonesa de Judô, Yasuhiro Yamashita, o atleta congolês Popole Misenga e o sensei Daniel Loureiro, ambos do Instituto Reação, viajaram ao Japão para uma temporada de quase três semanas. Além de treinos na Universidade de Tokai junto com os japoneses, Popole foi convidado para participar do Grand Slam de Osaka, que aconteceu em novembro. A competição, uma das mais tradicionais do mundo, faz parte do calendário de eventos para a preparação das Olimpíadas de Tóquio, em 2020.

Quem também passou uma temporada na Terra do Sol Nascente foi nosso preparador físico Rodrigo Rocha, durante o curso Sport For Tomorrow, projeto de iniciativa esportiva implementada em conjunto pelos setores público e privado. Rodrigo foi selecionado através de um processo seletivo da CBJ e pôde representar o Rio de Janeiro. Durante as 4 semanas de curso na Universidade de Tsukuba e Kodokan, ele pôde acompanhar palestras, workshops, treinos práticos, visitas em competições e escolas com objetivo de aprender o como o judô é ensinado no Japão.