Saiba como ajudar o próximo em tempos de pandemia e entenda a importância desse ato de generosidade!

Saiba como ajudar o próximo em tempos de pandemia e entenda a importância desse ato de generosidade!

Ajudar o próximo nunca foi tão importante como está sendo agora. Um dos motivos é que a pandemia provocada pelo novo coronavírus não afetou apenas a saúde, mas também a parte financeira de diversas famílias.

De acordo com o IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, mais de 1 milhão de brasileiros perderam seus empregos por conta da quarentena pelo novo coronavírus.

Além disso, é fundamental ressaltar que o isolamento social está impactando também o emocional e o psicológico de muitas pessoas.

Isso levou ao aumento no número de casos de depressão, ansiedade e estresse, conforme apontado pela pesquisa do Instituto de Psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj)

Ainda que muitos saibam de tudo isso, a dúvida que fica é: como ajudar o próximo sem se expor a um possível contágio? Existem diversas maneiras, e muitas deles nem envolvem contribuições em dinheiro!

Por que é importante ajudar o próximo?

Ajudar o próximo é uma maneira de, também, ajudar a si mesmo. A prática de boas ações traz diversos benefícios para a saúde física e mental de quem está contribuindo.

Porém, em tempos de pandemia, muitas pessoas ficaram receosas de praticar esse ato e deixaram de contribuir.

No entanto, é fundamental lembrar que, mesmo durante a quarentena, o trabalho das ONGs e demais instituições que prestam ajuda seguiram sem interrupções. Mais do que isso, muitos foram até intensificados.

Como mencionado, a pandemia afetou bastante  a parte financeira de muitas famílias. Para várias delas, as doações foram (e continuam sendo) a principal forma de se manterem até que tudo isso passe.

Não podemos deixar de citar também questões relacionadas à saúde pública. As doações de sangue, por exemplo, caíram drasticamente em todo o país — 30% apenas no mês de maio.

Ou seja, não podemos deixar de considerar que, ainda que a prevenção à Covid-9 esteja em evidência neste momento, cirurgias, tratamentos e outras atividades continuam acontecendo nos hospitais diariamente. Por isso, manter os bancos de sangue abastecidos é fundamental.

Como ajudar o próximo de forma segura?

Com base nessas informações já é possível ter uma ideia que é possível (e altamente necessário) ajudar o próximo, especialmente agora durante a pandemia.

A boa notícia é que há diversas maneira de fazer isso. Veja algumas sugestões que podem lhe inspirar:

  • fazer trabalho voluntário a distância, por exemplo, ler ou contar histórias para crianças de ONGs de forma remota;
  • ajudar um vizinho do grupo de risco que precisa ir ao mercado, farmácia etc, fazendo essa tarefa para ele;
  • separar roupas, móveis e objetos que não utiliza mais, mas que estão em bom estado, e doar para instituições;
  • comparecer ao hemocentro da sua cidade para fazer uma doação de sangue;
  • arrecadar alimentos e itens de higiene entre amigos, parentes e vizinhos e distribuir em regiões mais necessitadas;
  • se oferecer para conversar com alguém que esteja se sentindo sozinho durante a pandemia;
  • confeccionar máscaras e distribuir a quem precisa;
  • contribuir financeiramente para algum projeto social.

Quais instituições que estão aceitando doações neste período?

Por conta da pandemia, diversas instituições criaram projetos direcionados para este período.

Hospital das Clínicas de São Paulo, por exemplo, criou uma plataforma para receber doações em dinheiro que serão convertidas em compra de EPIs, respiradores artificiais, entre outros itens.

Unicef está recebendo valores a partir de R$ 10 para compra de itens de higiene pessoal que serão entregues a crianças em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

Mas há uma lista imensa de organizações que podem ser ajudadas. Uma forma de escolher para qual doar é se identificando com a causa defendida por ela.

Por isso, lhe convidamos para conhecer um pouco mais sobre o Instituto Reação. Visitando nosso site você vai conferir nossos projetos e também descobrir como se tornar um voluntário.