4 dicas para incentivar a leitura na infância

4 dicas para incentivar a leitura na infância

Em um mundo cada vez mais digital, as crianças já nascem praticamente sabendo mexer em computadores, celulares e afins. Tanta tecnologia acaba comprometendo a leitura na infância e tornando a introdução desse hábito um verdadeiro desafio para pais e educadores.

Mas como mudar essa realidade e fazer com que os pequenos adquiram gosto pelos livros? Veja, neste post, 4 dicas de como conseguir isso e todos os benefícios que esse costume traz para a vida das crianças.

A importância da leitura na infância

Mais do que apenas fazer parte do processo de alfabetização, a leitura na infância ajuda no desenvolvimento de diversos campos da vida dos pequenos. Esse hábito pode, inclusive, influenciar comportamentos e impactar na escolha da profissão que será seguida no futuro.

Porém, seus benefícios não se limitam a esses. Veja as demais vantagens que a leitura traz para as crianças:

  • promove a empatia;
  • aumenta a vontade de aprender coisas novas;
  • desenvolve e aprimora o vocabulário e a interpretação;
  • aumenta o campo de conhecimento de variados assuntos;
  • desperta, de maneira positiva, a curiosidade para o mundo;
  • aumenta a capacidade de concentração e de memorização;
  • deixa os laços afetivos mais fortes quando realizada em família.

Como incentivar a leitura na infância

Mas o questionamento dos adultos é: “Como incentivar a leitura na infância, ainda mais em uma geração tão envolvida com tecnologia?” Temos algumas dicas!

1. Torne a leitura um momento divertido

O que mais afasta as crianças dos livros é quando ele se torna uma obrigação. Por isso, tornar a leitura um momento divertido desde os primeiros anos de vida, faz com que os pequenos associem o hábito a coisas boas e felizes, facilitando a introdução desse costume e deixando essa sensação presente o resto de suas vidas.

Ter uma rotina ou levar a leitura para passeios e viagens, ao invés de distrair as crianças com recursos tecnológicos, são algumas formas de conseguir isso.

2. Escolha leituras adequadas para cada idade

Cada idade tem suas limitações e interesses. Assim, se quiser que a leitura realmente se torne algo comum para o seu filho, escolha livros adequados para a idade e com temas que despertem sua curiosidade.

Conforme o interesse for aumentando, apresente novos gêneros literários. Isso ajuda para que a criança descubra diferentes opções e escolha o estilo de literatura preferido.

3. Atente-se às dificuldades

Muitas crianças evitam ler ou falam que não gostam porque, na verdade, estão com alguma dificuldade que não sabem (ou não querem) expressar. Problemas visuais e não conseguir identificar determinadas letras são apenas alguns exemplos.

Por isso, outra dica para incentivar a leitura na infância é prestar atenção a esses detalhes, auxiliar na correção, estimular a criança a continuar a ler, mas sempre respeitando os seus limites para não gerar um bloqueio da atividade.

4. Dê o exemplo

Crianças costumam aprender mais com exemplos do que com regras. Ou seja, se os pais e o ambiente no qual convive é cercado por pessoas que têm o hábito de ler, de maneira natural, o interesse pela leitura surge.

No Instituto Reação, por exemplo, temos a nossa Feira Literária. Realizada anualmente, além da distribuição de livros e contação de história, trazemos diversas atrações culturais.

Nesse dia, também promovemos rodas de conversa com assuntos importantes e atuais, que ajudam no desenvolvimento individual de cada participante, mas também em suas relações com a sociedade e com o mundo.

Quer conhecer um pouco mais sobre o Projeto Reação Educação? Então acesse este link!