Judocas do Reação Olímpico retornam aos treinos físicos de forma presencial

Judocas do Reação Olímpico retornam aos treinos físicos de forma presencial

Esta semana os judocas do programa Reação Olímpico voltaram a realizar a preparação física presencialmente no polo CDD-Taquara, na Estácio R9, durante três dias na semana.

Seguindo as orientações oficiais da OMS e do Ministério da Saúde, as atividades estão sendo ao ar livre e em grupos de até 12 atletas. Algumas medidas foram tomadas para tornar a prática esportiva o mais segura possível, como a distância obrigatória de dois metros, horários alternados entre um grupo e outro, aferição da temperatura e da saturação de oxigênio, questionário feito um dia antes do treino para checar condições de saúde do atleta, além do incentivo da garrafinha d’água pessoal. Também foi disponibilizado álcool em gel e o uso da máscara de proteção obrigatório o tempo todo. A presença de pais e responsáveis, que costumavam assistir aos treinos, não é mais permitida.

Para o retorno das atividades presenciais, que acontecem de forma gradual por grupos prioritários, o Instituto Reação tomou diversas medidas de prevenção ao novo coronavírus, como a realização de testes rápidos nos atletas, doados pela MedLevensohn, palestras e questionários para acompanhar o histórico de saúde de colaboradores e judocas e distribuição de EPIs para todos os profissionais do Reação envolvidos nos treinos.

Por enquanto, os treinos técnicos de judô e os atendimentos multidisciplinares continuam acontecendo de forma virtual.

Esperamos voltar em breve com nossas atividades normais, sempre seguindo todas as medidas de proteção à COVID-19.