Autoestima infantil: 7 dicas para ajudar seu filho a desenvolvê-la!

Autoestima infantil: 7 dicas para ajudar seu filho a desenvolvê-la!

A autoestima infantil diz respeito a como a criança se vê e se sente com relação aos outros. Ou seja, uma criança com autoestima elevada tem uma percepção positiva de si mesma, e isso impacta em diversos aspectos da sua vida agora e no futuro.

O que poucos pais sabem é que essa habilidade deve ser desenvolvida e estimulada desde os primeiros anos da criança. 

Ainda bebê, a maneira como ela é acolhida e valorizada por seus responsáveis refletirá na sua postura nos próximos anos, incluindo a fase adulta. 

Por exemplo, crianças que se sentem rejeitadas pelos pais, independentemente do motivo, podem desenvolver baixa autoestima e afetar o seu temperamento, relacionamento com outras pessoas, entre outros pontos da sua personalidade.

Mas como promover a autoestima infantil? Neste artigo você vai conferir 7 dicas que vão lhe ajudar bastante nesse processo.

7 dicas para melhorar a autoestima infantil

A família tem grande peso no desenvolvimento da autoestima infantil. Parte disso deve-se ao fato que o núcleo familiar é o primeiro contato que a criança tem com o conceito de sociedade.

São os exemplos e os parâmetros transmitidos em casa que darão base para o adulto que essa criança se tornará.

Por isso, se você quer que o seu filho tenha uma autoestima elevada e se sinta seguro e confiante, é bastante indicado que:

Evite comparação com outras crianças

Cada pessoa tem as suas habilidades e limites de aprendizado e emocionais. Por isso, é fundamental saber respeitá-las e não cobrar mais do que a criança pode entregar.

Jamais rotule a criança

Principalmente na frente de outras pessoas, atribuir adjetivos como gordo, baixinho, magrelo, entre outros, pode ter forte impacto negativo na autoestima dos pequenos.

Ainda vivemos em uma sociedade na qual as características físicas são bastante cobradas. O posicionamento expressivo dos pais sobre isso só as torna mais impactantes para a criança.

Leia também: “Você sabe por que é tão importante falar de preconceito com seu filho ainda na infância?

Valorize cada esforço e descoberta

Ações automáticas para os adultos são verdadeiras conquistas para as crianças. Assim, exaltar atividades básicas como arrumar a cama e guardar os brinquedos passam a ela o sentimento de que são capazes de realizar o que quiserem.

Deixe seu filho fazer as próprias escolhas

Respeitando a faixa etária, é bem importante para a autoestima da criança deixá-la fazer pequenas escolhas, como a roupa que vai vestir ou o tênis que vai calçar. Isso desperta nelas a segurança necessária para tomar decisões importantes no futuro.

Dê atenção à criança

Ouvir suas dúvidas, ou mesmo deixá-la contar como foi o dia na escola, contribui para que ela se sinta confortável para se expressar na frente de outras pessoas.

Respeite as emoções do seu filho

Ajude o seu filho a identificar o que está sentindo e apresente meios de lidar com aquele sentimento. Tristeza, cansaço e outras sensações são sentimentos normais a todos que precisam ser bem trabalhados mesmo na infância.

Incentive a descobrir algo novo

Quando a criança mostra interesse em aprender algo novo, é bem importante que os pais não a desmotive ou fale que é algo muito difícil de fazer.

Posicionamentos como esses podem transmitir a ela a sensação de que não é capaz de realizar ou aprender algo novo.

Não deixe de ler: “Entenda como a ciência promove o desenvolvimento intelectual infantil

Por que você deve desenvolver a autoestima infantil

Desenvolver a autoestima infantil é fundamental para formarmos adultos seguros. Crianças com autoestima elevada são mais confiantes, têm mais ânimo e interesse em aprender coisas novas e realizar os seus sonhos.

Por outro lado, a baixa autoestima pode contribuir para casos de depressão e ansiedade, comprometer o rendimento escolar, afetar o relacionamento com outras pessoas e, no futuro, a vida profissional.

Aqui no Instituto Reação, nós também trabalhamos para que nossos alunos se sintam acolhidos e, com isso, tenham a sua autoestima elevada.

Conheça o projeto Reação Educação e confira como é a nossa forma de atuar.